ArtWork Expertise

Rio de Janeiro - 29 de Setembro 2018

Windsor Barra Hotel

International Conference

II

BOAS-VINDAS

Prezados colegas,

 

O ICAE 2018 International Conference Artwork Expertise, que se realizará na cidade do Rio de Janeiro, tem como objetivo a confraternização e atualização dos profissionais de peritagem de obras de arte do Brasil, América Latina e do mundo.

 

Será uma excelente oportunidade para troca de experiências, proporcionando um ambiente favorável para a institucionalização de estudos multidisciplinares, que tem como objetivo o fortalecimento do nosso campo profissional.

 

Teremos uma programação de alto nível, com ênfase em aspectos científicos, contando com a presença de excelentes palestrantes nacionais e estrangeiros para um público formado por peritos, restauradores, técnicos, químicos, físicos, historiadores e museólogos.

Como vivemos um momento único no país e no mundo, procuraremos durante o encontro afirmar aspectos relacionados com a competência e a seriedade junto aos nossos clientes e parceiros, através da cobrança, comprometimento e empenho por parte das autoridades da área cultural, favorecendo o acesso de todos profissionais, sem nenhuma exceção, as melhores pesquisas e práticas desenvolvidas nos últimos anos no campo da peritagem de obras de arte, envolvendo aspectos dentro das áreas pública e privada.

 

Por outro lado, também temos como objetivo, oferecer oportunidade de treinamento aos profissionais iniciantes, através de programas de qualificação, capacitação e certificação.

 

Nossa premissa “por mais médicos num mundo de curandeiros”

Sejam bem-vindos ao Rio de Janeiro!

Contamos com vocês!

Palestrantes internacionais abordarão os seguintes temas:

Mercado de arte: Investimento e seguro

Novas tecnologias de certificação de obras de arte

A investigação pericial interdisciplinar

Coordenação público-privada na proteção do patrimônio

VAGAS LIMITADAS – RESERVE A SUA AGORA →

NOSSOS CONVIDADOS

Colette Loll

Washington D.C. - Fundadora e Diretora de Art Fraud Insights. Senior Advisor de SmartWater Foundation.

Pos Graduação, International Art Crime (ARCA-International Art Crime Studies).

Master em Historia das artes decorativas (Corcoran College of Art+Design/Smithsonian Associates).

Bacharel em comercialização e marketing  (Michigan State University)

Loll é fundadora e diretora de Art Fraud Insights, uma consultora especializada na detecção de fraude na arte.  Palestrante de conferencias em universidades, museus  e instituições forenses dos Estados Unidos e Europa. Treinó agentes federais das forças tarefas dentro do programa de Proteção do Patrimonio Cultural do Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos.

Palestrante na Smithsonian (Washington, DC); Universidade de Budapest (Hungría); Sede de Interpol (Lyon, França); Cranfield Forensic Institute (Reino Unido); West Dean College (Reino Unido); Stony Brook University, (Manhattan, Nova York); Sulgrave Club (Washington, DC) ICAE 2016 (Argentina) entre outras apresentações.

Sandra Asín Lozoya

Madrid - Diretora da área de estudo e interpretação de imagens técnicas Arte-Lab

Graduada em Conservação e Restauração do Patrimonio Cultural pela Universidade Complutense de Madrid (UCM)

Pos graduação no Laboratorio de Análisis de Pintura do Departamento de Restauração do Museu Thyssen-Bornemisza de Madrid.

Perito Grafotécnica. Especialista em Grafística e Documentoscopia pela Fundação Universidade – Empresa de Valência (ADEIT)

Graduada da Turma 2017 do Museu do Prado de Madrid A oficina de restauração de pintura do Museu do Prado: tradição e inovação.

Especialista em Análise e Documentação do Patrimônio em Arte-Lab S.L. Diretora da área de estudo e interpretação de imagens técnicas

Socia de Arte-Lab S.L. – Resumo de projetos destacados onde participou:

Estudo da policromía do Pórtico da Gloria da Catedral de Santiago de Compostela

Projeto analítico para a intervenção da restauração da Custodia da Catedral de Toledo

Estudo analítico de lacas japonesas do Museu Nacional das Artes Decorativas de Madrid

Estudos técnicos da pintura “Las Viejas o El tiempo atribuida a Francisco de Goya” da Fundação Tatiana, Madrid.

Diversos estudos técnicos procedentes de galeristas, colecionistas privados e Instituições Públicas como a coleção de obras de Bartolomé Esteban Murillo do Museu de Belas Artes de Sevilla.

Rustin Levenson

Nova York – Fundadora e Diretora da Art Care Conservation Company (NYC - MIAMI - LA)

Rustin Levenson é graduada em Historia da Arte pela Universidade de Wellseley e estudo conservação de obras de arte no Fogg Museum da Universidade de Harvard.

É coautora do livro “Seeing Through Paintings” da editorial da Universidade de Yale. Autora de muitos capítulos do livro “The Expert versus the Object and The Conservation of Easel Paintings”. Rustin tem muita experiência ministrando cursos e palestras a profissionais, universitários e público geral.

Ela trabalhou como conservadora dentro da equipe da National Gallery de Canadá e no Metropolitan Museu antes de criar sua companhia ArtCare, tem escritórios em Miami – FL, Los Ángeles – CA, Nova York – NY. Sua equipe tem realizado trabalhos de muita importância em museus públicos e privados e coleções particulares.

É membro da American Institute for Conservation e do International Institute for Conservation. Em 2014 ela foi premiada com uma residência na Academia Americana em Roma.

Márcia de Almeida Rizzutto

São Paulo - Professora da Universidade de São Paulo e Coordenadora do Núcleo de Apoio a Pesquisa Física.

Bacharel, Mestre e Doutora em Física e Pós-Graduação em Física Aplicada ao Estudo do Patrimônio Histórico e Cultural na Universidade de Sassari, Itália (2008). Desde 2001 é professora da Universidade de São Paulo no Departamento de Física Nuclear.

NAP-FAEPAH – http://www.usp.br/faepah/
Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IF-USP)
Departamento de Física Nuclear

Professora livre docente da Universidade de São Paulo no Departamento de Física Nuclear e atua principalmente na área de Física Nuclear Aplicada com Aceleradores no estudo e análise de obras de arte e patrimônio cultural. Utiliza métodos físicos e químicos para estudo e caracterização de bens culturais na área de Arqueometria.
É coordenadora desde 2012 do Núcleo de Apoio a Pesquisa Física Aplicada ao Estudo do Patrimônio Artístico e Histórico – NAP-FAEPAH da Universidade de São Paulo. É professora do curso de Pós-Graduação do Instituto de Física e do curso interunidades em Museologia do Museu de Arqueologia e Etnologia ambos da Universidade de São Paulo. Tem trabalhado em Organizações de Simpósios e Cursos de Extensão na área de Arqueometria: a) Organizadora do 1º Simpósio Latino Americano sobre Métodos Físicos e Químicos em Arqueologia, Arte e Conservação do Patrimônio Cultural (LASMAC 2007) São Paulo, SP, de 11 a 16 de junho de 2007. b) Membro do Comitê Organizador da Escola Temática Indisciplinar “CARACTERIZAÇÃO E DATAÇÃO DE MATERIAIS DO PATRIMÔNIO CULTURAL” – CADAPAC, 25 a 31 de outubro de 2009, São João Del Rei. c) Organizadora Coordenadora do curso de extensão “CARACTERIZAÇÃO DE BENS CULTURAIS – CABENS”, do programa de extensão universitária PROEXT2009, realizado de 03 a 14 de outubro de 2011, no Instituto de Física e na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, apoio do MEC/SESu, MEC/Ministério Ciência/IPHAN/TEM.
Possui mais de 100 artigos científicos publicados em revistas e participou em mais de 80 congressos, eventos internacionais e nacionais onde foram apresentados mais de 200 trabalhos.

Beatriz Teixeira Monteiro

São Paulo - Vice-Presidente da Ordem dos Peritos do Brasil<br /> OPERB

Especialista em Criminalística e professora de Perícia Judicial na OPERB. Perita Forense há 20 anos, atua como como Perita Judicial nas esferas cível, criminal e trabalhista nas áreas de grafotécnica, propriedade intelectual e obras de arte, nos Tribunais de Justiça do Estado de São Paulo, Minas Gerais e demais Estados.

João Cura D'Ars de Figueiredo Junior

Minas Gerais - Doutor em química e professor efetivo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) na área de Química de Bens Culturais.

João Cura D’Ars possui graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Inorgânica e Química de Bens Culturais, atuando principalmente nos seguintes temas: bronze, ditiocarbamatos, inibidores de corrosão do bronze, ensaios eletroquímicos para avaliação de corrosão, ensaios microanalíticos de bens culturais, nanopartículas para desacidificação de documentos em papel, uso de aminoácidos na limpeza de objetos de prata, monocamadas automontadas para proteção de metais e nanoemulsões na limpeza e remoção de camadas em obras de arte.

Atuou no Centro de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Cecor) como bolsista de iniciação científica em projetos de análise de obras de arte sob orientação do professor Luiz Antônio Cruz Souza. Lecionou na Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop). É autor do livro “Química Aplicada à conservação e Restauração”, obra que é referência na área de estudo de Ciência da Conservação.

Marcelo El Haibe

Buenos Aires - Comissário Inspetor e Chefe do Dep. Proteção do Patrimônio Cultural, sob a Direcção-Geral de Coordenação Internacional-INTERPOL

Advogado Faculdade de Direito da U.B.A. Pós-graduação em Gestão Cultural, premiado pela Universidade de Três de Fevereiro.
Gestão Cultural, Património e Turismo Sustentável, Ortega y Gasset e da Espanha. Pós-Graduação em Património e Turismo Sustentável organizado pela Unesco e Mestrado na Faculdade de Filosofia e Letras da U.B.A sobre “Patrimônio Artístico e Cultura na América do Sul Colonial”.

Ingressou na Polícia Federal Argentina no ano 1984. Atualmente, ocupa o cargo de Comissário Inspetor e Chefe do Departamento de Proteção do Patrimônio Cultural, sob a Direcção-Geral de Coordenação Internacional-INTERPOL,

É membro permanente do Comitê Argentino de Combate de Tráfico Ilícito de Propriedade Cultural que atua no Ministério da Cultura, consultor especialista da Unesco; implementação da Convenção sobre as Proibições e Prevenções à Importação, Exportação e Transferência de Propriedade Ilícitas de Propriedade Cultural. Deu cursos dirigidos à “Proteção do Patrimônio Arqueológico e Paleontológico, tanto no país como no exterior. Fez várias apresentações sobre o tráfico ilegal de bens culturais em diferentes áreas, na Argentina e em vários países do mundo.

Participa também na pesquisa de crimes contra o patrimônio cultural com resultados amplamente positivos.

Cláudia Nunes

Rio de Janeiro - Responsável da Conservação e Restauração do IPHAN -Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Estado do Rio de Janeiro.

Doutorado em Conservação e Restauração de Bens Culturais na Universidade Católica do Porto – Porto Portugal.

Mestrado em Museum Studies: Costume & Textile Conservation na State University of New York – SUNY.

Mestrado em História da Arte e Pós-Graduação em Conservação de Bens Culturais Móveis na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Responsável pela Conservação e Restauração de Bens Móveis e Integrados do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN no Estado do Rio de Janeiro.

Trabalhou no Museu Nacional de Belas Arte e o Museu Imperial. Realizou trabalhos de consultoria, orientação e fiscalização da restauração do Palácio Laranjeiras, Museu Nacional de Belas Artes entre outras centenas de trabalhos profissionais.

A ministrado dezenas de cursos e palestras em diferentes cidades do mundo e realizado mais de dez publicações cientificas.

Gustavo Martins de Almeida

Rio de Janeiro - Advogado formado pela PUC-RIO, Mestre em Direito pela UGF. Especialista em direitos autorais.

Advogado formado pela PUC-RIO, Mestre em Direito pela UGF, com experiência na área cível e comercial, conjugando esse setor com o de direitos autorais, entretenimento, personalidade e artes.

Advogado e Conselheiro do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e Parque Lage,  advogado do Sindicato Nacional dos Editores de Livros, Membro das Comissões de Direito Autoral e Entretenimento da OAB-RJ e do IAB-RJ. Estuda soluções contemporâneas para questões do mundo das artes, com adequação das ferramentas jurídicas às necessidades do mercado.

COMISSÃO ORGANIZADORA

MARIA ALEJANDRA LEYBA

Titulo

Calígrafo Púbico Nacional, pela Universidade de Direito e Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires.

Pós-graduação em Documentoscopía pela Universidade de Salamanca (Espanha).

Experiência

Encontra-se inscrita como perito oficial do poder judicial da Nação Argentina desde 2006. Até hoje desenvolve sua profissão de perito e consultora particular. Integrante do Conselho Diretivo do Colégio Profissional de Calígrafos Públicos da Cidade de Buenos Aires. Representante ante a Comissão de Cultura de CEPUC da cidade e o Departamento Judicial de Lomas de Zamora.

Membro SIPDO -Sociedade Internacional de Peritos em Documentoscopía- Assessora técnica na GIVOA –Consultora em Peritagem e avaliação de Obras de Arte. Professora da Secretaria Universitária e Assuntos Estudantis do Instituto Universitário da Policia Federal Argentina (IUPFA) e Titular de Pós-graduação da UMSA, Faculdade de Artes: “Especialização em Pintura Argentina. Reconhecimento de Autoria” da matéria: “Constantes na produção artística. Estilística”.

GUSTAVO PERINO

Titulo

Bacharel em Peritagem e avaliação de obras de arte, pela Universidade do Museu Social Argentino.

Fundador da Givoa e ICAE, professor universitário Universidade da Santa Úrsula, Rio de Janeiro

Experiência

É fundador da Givoa (Grupo interdisciplinar de avaliação de obras de arte), ideólogo do ICAE que teve sua primeira edição na cidade de Buenos Aires em 2016. Membro do comité executivo de INTI-Processos superficiais do Instituto Nacional de tecnologia Industrial da Argentina.

Foi professor universitário na Universidade do Museu Social Argentino e participo de palestras desde o ano 2013 em colaboração com Interpol, Policia Federal, INTI, Museu Provincial de Belas Artes Emilio Pettoruti entre outras instituições.

Mora na cidade de Rio de Janeiro trabalhando na filial da Givoa Brasil. Foi designado professor de Pos-Graduação para o ciclo 2018 na Universidade de Santa Úrsula, instituição educativa fundada em 1939 na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

VAGAS LIMITADAS – RESERVE A SUA AGORA →

Josy Morais

Titulo

Docente at Museu de Arte Sacra de São Paulo, Professora e Coordenadora de Conservação e Restauração de Bens Patrimoniais. Diretora do NAR – Núcleo de Artes, Conservação e Restauro.

Experiência

Especialização em Conservação e Restauro de Pintura sobre Cavalete – Universidade Santa Úrsula – Coordenadora dos Cursos de Pós-Graduação em Conservação e Restauro da Universidade Santa Úrsula – Docente do Museu de Arte Sacra de São Paulo e Diretora do NAR – Núcleo de Artes, Conservação e Restauro.

Douglas Quintale

Titulo

Bacharel em direito/FMU; Graduação em filosofia/USP; Especialização em Perícia e análise de obras de arte/CTTA e mestrado em direito canônico/ P.U.L utriusque

Experiência

Especialista em perícia e analise de obras de arte, experiência em Peritagem judicial para exames de obras de arte. Consultor em tributação e negócios do mercado de arte. Trabalha também como professor universitário em direito e história da arte.

Isabel Spitz A. Lavandier

Titulo

Fundadora e Educadora na Empresa ChimicArte Projetos Educacionais
Doutoranda em Química, na Universidade Federal do Rio de Janeiro e Mestre em Química pela PUC-Rio.

Experiência

Desenvolve pesquisa na área de Química, atuando principalmente nos seguintes temas: síntese inorgânica, reações no estado sólido, caracterização de materiais. Atua também na área de Ensino de Química e Química aplicada a Arte. Além disso, é Fundadora e Educadora da ChimicArte Projetos Educacionais, que oferece oficinas de Ciências e Artes, aulas de Química para Ensino Médio e Graduação e, mais especificamente, cursos para Restauradores e Conservadores de obras de Arte. Em 2012, recebeu o Prêmio Marie Curie de Produções Científicas pelo trabalho “Química e Arte: uma articulação mostrada através de Mapas Conceituais”.

APOIO:

VAGAS LIMITADAS – RESERVE A SUA AGORA →